Blog

  • Tipos de luvas industriais


    Tipos de luvas industriais

    Tipos de luvas industriais

    A segurança durante a jornada de trabalho é essencial, tanto para você quanto para a empresa. Uma das formas de garanti-la, é utilizando roupas adequadas para prevenir e proteger você em caso de acidentes. Neste caso, mostraremos os tipos de luvas existentes, uma equipamento essencial para a proteção e prevenção de acidentes em quase todas as indústrias.

    Tipos de luvas

    Existem diversos tipos de luvas no mercado e para cada luva uma classificação.

    Essas classificações são feitas a partir do: material que a luva é feita, sua finalidade e a categoria dedicada ao nível de proteção que pode oferece.

    Finalidade da Luva

    Esta classificação é baseada na tarefa para a qual a luva foi projetada.

    • Riscos mecânicos, como cortes e pancadas: são aquelas que atuam como uma camada protetora para evitar qualquer dano físico, especificamente que possa afetar suas mãos.

     

    • Proteção térmica: Oferecem alguma resistência, mas não imunidade a altas ou baixas temperaturas. Eles protegem suas mãos para que você não sofra queimaduras ou danos causados ​​pelo frio.

     

    • Riscos elétricos: São as luvas que protegem contra choques elétricos, pois são isolantes.

     

    • Riscos biológicos e químicos: São luvas que protegem sua pele da exposição a vírus, bactérias, ácidos ou outros produtos químicos. Outra das principais funções das luvas de proteção química é evitar que você, como trabalhador, contamine o que tocar. Eles são usados ​​regularmente em indústrias médicas, laboratórios e até mesmo em restaurantes.

     

    • Proteção contra radiações ionizantes: Se a empresa trabalha com elementos radioativos, deve garantir a você como funcionário o uso deste tipo de luvas. Essas luvas têm uma certa resistência e impermeabilidade para evitar que a radiação afete diretamente sua pele.

     

    • Aderência contra vibrações: Estes tipos de luvas podem enquadrar-se na categoria de riscos mecânicos, mas distinguem-se porque proporcionam uma aderência eficiente e resistem à vibração de determinadas máquinas.

     

    Essa classificação pode variar, pois algumas vezes pode ser útil para você não cumprir várias tarefas e outras servirão apenas para desempenhar uma única função. Tudo vai depender do tipo de material e da categoria a que pertence.

    Materiais utilizados

    Agora é hora de classificá-los de acordo com os materiais utilizados. Essa é uma informação essencial pois alguns elementos usados ​​podem causar alergias ou não ser tão eficazes quanto outros. Além disso, cada material terá suas desvantagens e vantagens, independente da função que desempenhe.

    • Butilo
    • PVC
    • Látex
    • Neopreno
    • Nitrilo.
    • Norfol o silver shield
    • Viton o fluoruro elastómero
    • Vinilo
    • Couro ou pele
    • Algodão
    • Amianto
    • Malha metálica
    • Aluminizado
    • Zetex e Zetex plus
    • Kevlar
    • Nomex
    • Poliuretano
    • Nylon
    • Tyvek
    • Borracha

    Categorias

    As luvas, independente da sua função e material, podem ser categorizadas dependendo de seu design, eficácia e necessidade ou não de certificação. Este tipo de classificação deve ter todos os EPI (Equipamento de Proteção Individual), portanto, verifique bem antes de comprar qualquer produto e se ele atende às suas necessidades específicas.

    • Categoria 1: Inclui luvas com design simples e que podem oferecer um nível mínimo de proteção. Eles não são testadas regularmente, portanto, são certificados pelo fabricante ou revendedor.

     

    • Categoria 2: Design mais especializado, mas simples, pois protege você contra riscos de médio alcance, que não causarão ferimentos graves ou morte. Exige que sejam certificados por laboratórios ou organizações especiais.

     

    • Categoria 3: Estão sujeitos a processos de certificação e validação muito mais rigorosos. Possuem um design complexo e especializado, cuja principal função é proteger e prevenir lesões graves, irreversíveis ou até mesmo a morte.

    As mãos são essenciais para praticamente qualquer tipo de trabalho, por isso é fundamental protegê-las com os equipamentos corretos. Claro, você só deve usá-los quando necessário, pois o uso inadequado pode causar acidentes ao invés de evitá-los.

    COMPARTIR