Blog

  • Fatores determinantes para choques elétricos


    Fatores determinantes para choques elétricos

    Fatores determinantes para choques elétricos

    Existem diversos fatores no local de trabalho que podem causar algum tipo de lesão como: queimaduras, choques ou fibrilação.

    Todo e qualquer tipo de trabalho existem riscos relacionados à segurança e saúde do profissional, isso inclui os riscos elétricos que podem acontecer a partir do contato do corpo humano com a corrente elétrica.

    O contato pode ser direto, quando há o toque ou indireto quando algum instrumento que não deveria estar submetido a tensão elétrica, encontra-se energizado.

    Nunca devemos esquecer que a eletricidade está presente em quase todos os ambientes de trabalho e há uma tendência geral de subestimar seu perigo. Tarefas que possam envolver exposição a riscos elétricos, seja para eletricistas ou outros trabalhadores devido a contato acidental, precisam ser identificadas para a aplicação de medidas específicas de prevenção.

    Devemos estar cientes de que quando a corrente elétrica flui pelo corpo humano, o corpo se comporta como uma resistência, e de acordo com a lei de Ohm, a intensidade do fluxo de corrente será determinada por: I= V/R. Sendo:

    I: Intensidade de corrente que passa pelo corpo humano (Amps).

    R: Resistência que o corpo opõe ao fluxo de corrente (Ohms).

    V: Tensão de contato entre o ponto de entrada da corrente e o ponto de saída (volts)

    Fatores humanos

    • Idade;
    • Doenças;
    • Sexo;
    • Estado emocional;
    • Profissão habitual;
    • Experiência, etc.

    Fatores técnicos

    • Intensidade da corrente que passa pelo corpo humano;
    • Tempo de exposição ao risco;
    • Trajeto da corrente elétrica através do corpo humano;
    • Natureza da corrente (alternada/contínua);
    • Resistência elétrica do corpo humano;
    • Tensão aplicada;

    Estes tipos de acidentes devido à tensão elétrica, embora possam ocorrer em qualquer lugar onde existam aparelhos ou cabos elétricos, quase sempre são evitáveis ​​com a segurança adequada. Por isso, que ao realizar trabalhos que envolvam risco elétrico, sempre detecte se está trabalhando com tensão, estabeleça os equipamentos e ferramentas a serem utilizados, selecione muito bem os EPIs, use-os corretamente e avise se houver algum contratempo ao pessoal envolvido.

    Lembre-se que o sucesso de um trabalho seguro depende de um bom planejamento e prevenção.

    COMPARTIR