Blog

  • 5 equipamentos de segurança para trabalhos de tensão elétrica


    5 equipamentos de segurança para trabalhos de tensão elétrica

    5 equipamentos de segurança para trabalhos de tensão elétrica

    Os acidentes por riscos elétricos no trabalho podem ter consequências fatais ou apresentar sequelas médicas de alta gravidade para a vítima. Por isso, o treinamento e a aplicação de medidas preventivas juntamente com equipamentos certificados para o trabalho a ser realizado são essenciais para evitar esse tipo de acidente. É por esta razão que é necessário conhecer equipamentos de proteção para  segurança elétrica que permitam realizar um trabalho seguro e adequado. A primeira coisa a ter em mente é a importância de ter formação e educação certificada em gestão de riscos elétricos para a pessoa envolvida na atividade, bem como ter os elementos de segurança que evitarão um acidente, que pode ir desde a geração de um curto-circuito até uma eletrocussão. Conheça os 5 equipamentos de segurança para realizar uma manobra elétrica corretamente.

    ELEMENTOS DE SEGURANÇA ELÉTRICA:

    VARAS QUENTES DIELÉTRICAS:

    São hastes com alta capacidade dielétrica e alta resistência mecânica fabricadas em fibra de vidro com núcleo de poliuretano. Permitem realizar um grande número de tarefas em trabalhos com e sem tensão, como abertura e fechamento de seccionadoras ou substituição de fusíveis em transformadores, pois permitem a fixação de uma grande variedade de ferramentas em sua ponta. Existem três tipos principais de polos dielétricos: gancho telescópico, acoplável e retrátil.

    BANCOS E TAPETES ISOLANTES:

    Proporcionam isolamento ao trabalhador em relação ao solo. Estes impedem que a corrente flua através do corpo, transformando-o em terra através do contato com os pés. Os tapetes dielétricos são classificados em diferentes classes, como classe 2, classe 3 e classe 4, dependendo da tensão elétrica de trabalho.

    ATERRAMENTO E CURTO-CIRCUITO DO EQUIPAMENTO:

    Seu principal objetivo é a proteção do trabalhador contra a partida acidental ou um possível retorno de tensão durante o trabalho. Pode ser direcionado para equipamentos elétricos, sinais eletrônicos ou proteção atmosférica. O aterramento protege a segurança das pessoas que estão próximas às instalações e, além disso, protege objetos pessoais que possam ser encontrados nas residências.

    LUVAS DIELÉTRICAS:

    Eles são feitos de borracha ou látex, para trabalhar em tarefas elétricas evitando a possibilidade de serem danificados por um possível choque elétrico. Eles podem ser encontrados em diferentes classes, que variam de acordo com a tensão elétrica máxima com a qual irão trabalhar, tais como: classe 00, classe 0, classe 1, classe 2, classe 3 e classe 4.

    DETECTORES DE TENSÃO ELÉTRICA:

    Para realizar trabalhos e manobras em instalações e linhas de alta tensão, é imprescindível verificar a ausência de tensão. Por isso os detectores de tensão elétrica são elementos essenciais, que através de sinais acústicos e luminosos indicam a presença ou ausência de tensão.

    Você também estará interessado em: Introdução à segurança elétrica: o que é e por que é tão importante ?

    Algumas ferramentas utilizadas pelos eletricistas são chaves de fenda e alicates isolados para média e baixa tensão, que são cobertos com um isolamento plástico de segurança. Embora o trabalho do eletricista deva ser realizado sem tensão, o isolamento permite prevenir riscos devido a descuidos ou acidentes. Além dos equipamentos mencionados acima, existem outras recomendações a ter em conta ao trabalhar com tensão elétrica:

    • Use botas de segurança sem elementos metálicos.
    • Use vestuário antiestático ignífugo que cumpra as normas e certificações de acordo com o nível de tensão a trabalhar.
    • Capacete de segurança dielétrico com proteção facial de proteção contra arco elétrico

    É importante conhecer esses elementos e recomendações, pois permitem ao eletricista realizar um trabalho mais seguro e evitar acidentes. Descargas elétricas em alta, média ou baixa tensão, causadas pelo não uso dos implementos necessários, podem causar sérias consequências (e até a morte) ao trabalhador. Assim, se todas as medidas preventivas pertinentes forem observadas e os procedimentos de trabalho e normas operacionais de segurança elétrica forem rigorosamente cumpridos, acidentes por risco elétrico podem ser evitados ou, se for o caso, suas consequências podem ser reduzidas.

    COMPARTIR